sexta-feira, 24 de junho de 2011

Escrita e leitura no Material Impresso e no Hipertexto

As diferenças entre ler no material impresso e ler no computador estão diretamente relacionadas ao nível de familiaridade que temos com o computador. Pois passamos todos esses anos lendo livros, jornais, revistas... tudo em papel. E agora precisamos nos adaptar a excessiva luminosidade das telas, ao uso frequente do mouse e a uma confortável cadeira.
No mais, penso que é tudo igual. Lemos para aprender, para melhorar nossos conhecimentos sobre determinado assunto. Segundo a Proposta Curricular de SC “Ler é controlar um processo complexo. Esse processo comporta a obtenção de informação sobre um questionamento inicial, uma discussão sobre as estratégias de exploração, a medição do caminho percorrido, a formulação de um juízo sobre o escrito”. O ato de ler pressupõe um objetivo relacionado ao interesse de buscar o texto escolhido, seja ele em material impresso ou no computador. A dinâmica da leitura que envolve a relação que se estabelece entre o autor e o escritor também são as mesmas em ambas as situações. E após a leitura aprendemos do mesmo jeito. Não acredito que vamos ter uma leitura melhor ou pior, dependendo da mídia utilizada. Acredito que teremos resultados melhores ou piores, por não estamos ainda amadurecidos para ler no computador, daí achamos que lemos melhor no material impresso.
No caso do hipertexto, ele trás a praticidade de acesso a links que podem contribuir com maior agilidade, para a apropriação do conhecimento quando nos referimos a pesquisas, ou durante a leitura de uma obra literária, em que se apresente um termo desconhecido do leitor. Mas nada que um bom dicionário no lado não nos permita fazer. Enfim, ler é ótimo de qualquer jeito e em qualquer lugar. O bom leitor só tem a ganhar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.