sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

A contribuição da rádio escola

O cotidiano da escola segue num ritmo que atropela a comunicação nos espaços educativos. Os professores trabalham muito para compensar o salário que recebem, não tem tempo de se atualizar lendo informativos, jornais e normalmente só conhecem o conteúdo de uma nova legislação se “tropeçam nela”' por algum motivo. No ambiente escolar a conversa entre os educadores acontece no curto espaço de tempo do intervalo. Na maioria das vezes a comunicação se dá através do quadro de avisos, que todos esquecem de olhar.
Os alunos muitas vezes não são devidamente informados de seus direitos, e só são chamados a cumprir seus deveres quando infringem as normas da escola, que muitas vezes estavam há anos determinadas no Projeto Político Pedagógico da escola e eles nem conheciam.
O maior desafio nas relações de comunicação no espaço escolar está entre o corpo docente e os pais. Estes por sua vez também tem suas atividades, seu cotidiano e na correria dos tempos atuais dificilmente encontram tempo para ir na escola e participar mais ativamente do processo que envolve a educação de seus filhos.
A implantação de uma emissora de rádio na escola certamente, não resolveria todos os problemas de comunicação neste espaço, mas contribuiria muito para facilitar o acesso a informação e aproximar os vários segmentos da escola através de participação nos programas. Uma rádio que pudesse oferecer diversão, informação aos pais, alunos e professores e que proporcionasse uma maior interação entre os vários segmentos da escola contribuiria para melhorar as relações, para o exercício da cidadania e faria da escola um espaço mais democrático.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.